ATENDIMENTO: Seg. a Sex das 8h às 12h - 13h às 17:30     PISOHELP: 0800 600 5151     NEW contato@pisoclean.com.br
Cimentícios do tipo Solarium
Share |
Cimentícios: Solarium e similares

Podemos dizer que foi aqui que tudo começou.

A Pisoclean & Pek tem sua origem muito relacionada a este tipo de revestimento, portanto, entende como ninguém dos cuidados que necessitam e dos problemas que podem enfrentar.

Até onde sabemos, revestimentos deste tipo têm sua origem na Espanha e, depois, no Uruguai.

Hoje, estes materiais estão amplamente difundidos e já são fabricados por muitas empresas em diversos locais do Brasil.

As principais marcas são: Concresteel, Senhor das Pedras, Preall, Dacapo, Solarium, Castelatto, Pietra, Revelux, Santorino, Palazzo, entre outras. A ordem não significa, necessariamente, a importância de cada uma das empresas citadas.

Inicialmente os cimentícios foram fabricados em versões furadinhas para piscinas. Ganharam espaço porque são muito antiderrapantes e não esquentam, nem mesmo sob o sol mais escaldante. Atualmente já existem versões imitando pedras, imitando couro, papel, madeira, entre outras. A cada ano são lançados muitos novos e lindos modelos.

Muita gente acha que este é o tipo de material que mais suja. Não é bem assim.

Entenda desta forma:

Revestimentos cimentícios são lindos, caros e promovem beleza e sofisticação a qualquer ambiente. Estão na moda. No entanto, são materiais sensíveis, em sua maioria, claros e foscos, que necessitam de cuidados especiais.
Qual parede suja mais? A branca fosca ou a branca brilhante? A fosca, é claro. Qual a diferença entre a textura de uma parede branca fosca e a de um cimentício branco liso? A pintura ao menos é impermeável. A aplicação de um simples impermeabilizante impregnante do tipo hidro/oleofungante no cimentíco, praticamente iguala as condições. Então, obviamente, ele continua sujando, mas não se deteriora pela umidade ou mancha por infiltrações. Bem como ocorre com a parede pintada. Nossa compreensão das necessidades deste tipo de material é baseada em três fatores fundamentais.

1) Respeito ao gosto pessoal do cliente. - Jamais deixaremos o piso brilhante se o cliente quer que ele seja fosco.
2) Promoção de facilidade de manutenção. - Jamais deixaremos fosco se não ficar fácil de limpar.
3) Respeito ás características do revestimento. - Nunca aplicaremos um produto que faça com que um piso de piscina escorregue ou passe a esquentar.

Áreas internas são mais difíceis de serem mantidas devido a quantidade de móveis, tapetes, objetos, etc. - Não é possível ligar uma mangueira dentro de casa, não é mesmo? - Por esta razão, precisamos facilitar a manutenção destes locais. Precisamos de uma película que impeça a transferência de sujeira para o piso. Quanto mais áspero for seu piso mais sujo ele ficará com o uso. Desta forma, preconizamos que revestimentos ásperos sejam tratados com um produto que melhore sua textura - produtos que formem filme superficial.
Áreas externas podem receber os mesmos tratamentos. Porém, se o piso precisar ser antiderrapante e atérmico, como os que são assentados ao redor de uma piscina, deverá receber, independente de sua textura, uma proteção impregnante com um de nossos hidro/oleofugantes.

Abaixo você tem acesso a um manual completo sobre todas as situações e soluções para este material.

Ao lado você encontra uma série de perguntas e respostas que podem ajudar na escolha do tratamento e do próprio revestimento, caso você esteja construindo ou pensando em colocar o piso cimentício.








Arquivos Relacionados

Destaques


04/03/2016 - ExpoRevestir 2016

Veja como foi a nossa participação na Expo Revestir 2016
04/03/2016 - ExpoRevestir 201606/03/2015 - ExpoRevestir 201511/12/2014 - Como foi a UP XXIV11/09/2014 - Como foi a UP XXIII15/06/2014 - Como foi a UP XXII14/04/2014 - Como foi a UP XXI16/03/2014 - ExpoRevestir 2014 - Sempre presente24/01/2014 - Confira como foi a UP XX01/10/2013 - Confira como foi a UP XIX03/09/2013 - Maratona Pisoclean01/07/2013 - UP15/3/2013 - Pisoclean na Revestir e na VSF07/01/2013 - Concurso Marreta Nunca Mais 414/12/2012 - Como foi a UP XVI20/09/2012 - Veja como foi a UP XV10/09/2012 - Obrigado por sua visita30/08/2012 - Concurso Marreta Nunca Mais III06/08/2012 - Como foi a 15ª Construsul - 201226/07/2012 - Como foi a UP RIODia do Restaurador de Pisos e<p> Concurso Marreta Nunca Mais III</p>veja mais...
Mais informações